google.com, pub-7620993729816421, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page
Buscar
  • Foto do escritorVinicius Allan Gomes

Febraban e entidades sindicais lançam programa de prevenção à violência contra a mulher




Introdução


A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e entidades sindicais lançaram um programa de prevenção à violência contra a mulher. A iniciativa visa conscientizar os funcionários do setor bancário sobre a importância da prevenção e do combate à violência contra a mulher e oferecer canais de denúncia e apoio às vítimas.



A violência contra a mulher é um problema grave e recorrente no Brasil


Em 2020, mais de 105 mil casos de violência doméstica foram registrados no país. Com a pandemia da Covid-19, esse cenário foi agravado com o aumento dos casos de violência durante o isolamento social.



O programa


Ele é composto por diversas ações, incluindo treinamentos, palestras e campanhas de conscientização, que serão realizadas em agências bancárias em todo o país. Além disso, serão criados canais de denúncia e apoio para mulheres vítimas de violência.


O papel dos bancos na prevenção à violência contra a mulher


Os bancos são instituições que possuem uma grande rede de atendimento ao público e, portanto, têm um grande alcance e impacto na sociedade. Por meio dessa iniciativa, a Febraban e as entidades sindicais mostram que o setor bancário está comprometido em contribuir para a prevenção e o combate à violência contra a mulher.




A importância da conscientização


A conscientização é fundamental para a prevenção da violência contra a mulher. As ações de conscientização, como treinamentos, palestras e campanhas, são essenciais para mudar a cultura de violência e garantir que os funcionários estejam preparados para lidar com a situação e oferecer apoio às vítimas.



A responsabilidade das empresas na prevenção à violência contra a mulher


A violência contra a mulher é um problema que afeta toda a sociedade, e as empresas têm um papel fundamental na prevenção e no combate a esse tipo de violência. Iniciativas como essa devem ser apoiadas e incentivadas, e espera-se que outras empresas também adotem medidas semelhantes para contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.



Conclusão


O programa de prevenção à violência contra a mulher lançado pela Febraban e entidades sindicais é uma iniciativa importante e necessária para combater a violência doméstica no Brasil. A conscientização e o apoio oferecidos pelo setor bancário podem fazer a diferença na vida de muitas mulheres que sofrem com a violência. A expectativa é que outras empresas se engajem na prevenção e no combate à violência contra a mulher.

5 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page